Retrocesso

Presidente da CUT critica extinção do Ministério do Trabalho

Medida anunciada pelo presidente eleito pode colocar em risco direitos dos trabalhadores

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 07/11/2018 18:20 / Atualizado em 08/11/2018 15:40

O presidente da CUT, o bancário Vagner Freitas, critica a extinção do Ministério do Trabalho, anunciada pelo governo recém-eleito no Brasil. O dirigente sindical chama atenção para o risco de retirada de direitos e para a falta de respeito que a medida representa aos trabalhadores. “Só a luta pode garantir direitos e conquistas”, destaca.



Voltar para o topo