Notícias

 

Pressione o governo para manter o vale-cultura

Benefício só terá continuidade se equipe de Temer renovar incentivos fiscais que tiveram início na gestão da presidenta Dilma Rousseff

Redação Spbancarios
24/10/2016


São Paulo – Primeira categoria a conquistar o vale-cultura na CCT, na Campanha 2013, os bancários podem perder esse direito. Os incentivos fiscais para as empresas manterem o programa expiram no fim deste ano e o vale só estará garantido em 2017 se o governo Temer renová-los. O valor de R$ 50 por mês pode ser usado para aquisição de bens culturais e de ingressos em teatros e cinemas, por exemplo.

Por isso, é importante que os trabalhadores cobrem a renovação, através das redes sociais e dos canais de comunicação do governo federal, pressionando pela manutenção do vale-cultura. Você pode enviar sua mensagem no Facebook e Twitter do Portal Brasil, do Palácio do Planalto, além da própria página do presidente Michel Temer.

Twitter e Facebook do Portal Brasil
> Twitter e Facebook do Palácio do Planalto
> Twitter e Facebook de Michel Temer

"Sabemos como o vale-cultura é importante na vida do bancário, então precisamos cobrar o governo para que este direito não seja perdido", orienta a secretária-geral do Sindicato, Ivone Maria.
 
 
 
Copyright © 2011 - Sindicato dos Bancários. Todos os direitos reservados.