Notícias

 

Banco do Brasil cancela novas contratações

Sindicato cobra providências da direção do BB diante da sobrecarga de trabalho que atormenta funcionários

São Paulo - O Sindicato repudia a atitude do Banco do Brasil que cancelou contratações de novos funcionários. Segundo denúncia dos bancários, até 31 de dezembro estão proibidas novas convocações de concursados. No estado de São Paulo, o último concurso foi realizado em 2010 (número 2010/002). Também há o concurso para engenheiros de segurança do trabalho, técnico de segurança do trabalho, médico do trabalho, enfermeiro do trabalho e auxiliar de enfermagem do trabalho realizado em 2012 para ocupar vagas do SESMT (Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho).

Para o diretor executivo do Sindicato e funcionário do BB Ernesto Izumi, o cancelamento das contratações precariza ainda mais as condições de trabalho e agrava o problema da sobrecarga. “Essa situação tem origem no aumento abusivo das metas que a alta direção do BB impõe aos funcionários”, destaca o dirigente.
 
Sobrecarga – O volume de ativos por trabalhador aumentou de R$ 7.386 em julho/2011 para R$ 8.578 em julho/2012, o que representa incremento de 16,14%. Os clientes passaram de 55.216 para 57.466, crescimento de 4% no mesmo período, quando foi ampliada também a carteira de crédito: de R$ 383,4 bilhões para R$ 459,8 bilhões, 19,9% a mais. Nesse mesmo período, no entanto, o número total de funcionários passou de 112.913 para 113.996, crescimento de apenas 0,96%.

“É positivo o governo incentivar a expansão do crédito, reduzir as taxas de juros e as tarifas. Mas os funcionários precisam de boas condições de trabalho e uma gestão que respeite o trabalhador. Por isso repudiamos a alta direção da empresa que proibiu as contratações e utiliza o assédio moral como ferramenta institucional para atingir metas abusivas. Vamos fazer manifestações e denunciar até o banco rever sua postura e voltar a contratar”, completa.


Cláudia Motta - 10/10/2012

 
 
Copyright © 2011 - Sindicato dos Bancários. Todos os direitos reservados. RS Web Interactive - www.agenciars.com.br