Notícias

 

Sindicato cobra fim de demissões e assédio

Em reunião com o Bradesco, dirigentes reivindicaram celeridade na apuração de denúncias e mais contratações

Redação Spbancários
19/1/2017


São Paulo – O Sindicato reuniu-se com representantes do Bradesco, na quarta-feira 18, e cobrou o fim das demissões no banco, celeridade na apuração das denúncias de assédio moral e mais contratações. Na ocasião, foi abordado o caso da demissão de quatro bancários na agência do shopping Jardim Sul.

“O banco negou que as demissões tenham qualquer relação com as denúncias de assédio moral na agência”, relata a dirigente sindical e funcionária do Bradesco Fernanda Reis. O banco reafirmou que “todas as denúncias de assédio moral estão sendo apuradas e terão retorno no prazo estabelecido pela Convenção Coletiva de Trabalho”, acrescenta.

> Sindicato consegue reunião sobre cortes em agência
> Bradesco demite quatro de agência denunciada

O Sindicato continuará acompanhando e cobrando soluções e, caso as condições de trabalho não melhorem, novas atividades de protesto ocorrerão.

Denuncie – Para denunciar casos de assédio moral, o bancário deve procurar o Sindicato por meio dos dirigentes, pelo 3188-5200, ou pelo canal de denúncias Assuma o Controle. O sigilo é garantido.
 
 
Copyright © 2011 - Sindicato dos Bancários. Todos os direitos reservados.